sábado, 6 de agosto de 2011

Penteados: Se inspire!

E aí girls,
Sabe aquela festa em que você quer arrasar mas não sabe o que fazer com seu cabelo?

Há ocasiões em que é preciso abrir mão da escova e ousar um pouco mais. Todo mundo sabe que assim como o penteado pode dar um UP no visu, também pode acabar desvalorizando total o look né? Então com a intenção de ajudar a mulherada, separei alguns penteados de festa dos mais diferentes estilos...

Tranças..

Acho que elas dão um ar super elegante e descolado ao mesmo tempo.... Fora que podem ser usadas de várias maneiras.... com o coque meio preso, de lado com fios soltos, com rabo alto... enfim..


Super feminino! Adooro... É o tipo de penteado que parece que foi feito em casa, não?

Coques..

Os coques fazem muito sucesso e não é de agora.. Além de lindos, são muito versáteis atendendo a todos os estilos!! Estão cada vez mais modernos mas mesmo assim, muitos ainda tem um ar vintage que dá ao look um glam a mais, como os da Sarah Jéssica Parker e Scarlet Johansson... bem anos 50, ameeei!


Outro coque clássico que eu achei lindo é o da Kate Bosworth...
Ela optou por um coque alto que emenda com o topete.. Uma boa pedida!


Outra opção para quem gosta de coque é deixá-lo dessarumado, sendo ele alto ou baixo..

Super prático de ser feito e ainda pode ser modificado conforme o seu gosto, usando tranças e até cachos junto dele..

E para quem gosta de ousar como a Paris, tem o coque laçinho....
Gracinha, né??

Agora me diz, tem como não se apaixonar por coque??

Meio preso e solto..

O cabelo meio preso fica ainda mais incrível como o movimento e as ondulações...

Outra tendência forte, além dos coques e tranças são os headbands.. a Taylor Swift ficou linda, o cabelo dela ajuda bastante também, né??

E claro, pra quem não tem esses cachos que dão todo o charme no penteado, nada que um baby liss não resolva.. haha

E por fim, o penteado da Rosie Huntington Whiteley(adoro os penteados dela!), a mocinha de Transforms 3 para quem ainda não conhece.... Simples e chique!


Se vocês repararem bem, tem um torcidinho que acompanha toda a linha da raiz, do lado preso...

E aí, Gostaram das dicas?

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

To lisa!


Gente... nada melhor do que acordar de manhã e saber que o secador e a chapinha vão poder continuar guardadinhos lá no canto deles se a gente tiver que sair de casa não é?!
Por isso vou dar uns toques de amiga. Eu já experimentei esses três tipos de alisamento: Relaxamento, escova progressiva e escova inteligente. E sim, são todos muito diferentes.
Quando eu era criança tinha cabelo liso e quando cheguei na adolescência... puf! Ficou ondulado que nunca ficava arrumado! Não que eu não goste de cabelos cacheados ou ondulados. Mas o meu cabelo era um todo arrepiado, oleoso, com aqueles famosos “galhos” saindo pra tudo quanto era lado... Um horror!
Aí eu não aguentava mais ter que ir de cabelo preso todo dia pra aula... Então na época (lá por 2003... 2004...) eu fiz o relaxamento.
Relaxamento:
O relaxamento é um produto que é aplicado diretamente na raiz do cabelo, diminuindo o volume do cabelo.
Ele é ótimo pra quem não quer nada muito agressivo, apenas deixar a raiz mais lisa, diminuindo muito o frizz no cabelo.
Os danos são poucos, comparado aos dos outros tipos de química, mas sempre é bom fazer pelo menos uma hidratação a cada 15 dias, em casa mesmo com cremes de reparação encontrados em qualquer lugar.
O efeito fica lindo pra quem tem cabelos cacheados, pois os cachos se abrem e deixam um ondulado lindo! Claro... só se você não gostar dos cachos... Eu acho que cachos bem cuidados são tão lindos quanto um cabelo liso.
Durante uns 4 anos fazia relaxamento a cada 4 meses. Mas não deu... Ainda não estava feliz porque não era totalmente prático, pois só alisava na raiz, e eu queria algo que deixasse todo o meu cabelo no lugar. Não estava realmente me preocupando se meu cabelo estivesse liso ou ondulado, desde que ele estivesse arrumado!
Então fui fazer a tal da escova progressiva que estava bombando na época (lá por 2007).
Escova Progressiva:
É uma química aplicada em todo o cabelo, da raiz até pontas. Diz a lenda que tem queratina junto do produto, pra não danificar o cabelo. Mas o formol não ajuda em nada! Além de perigoso, estraga o cabelo!
Ele deixa o cabelo liso sim! Mas adeus cabelos macios...
Juro pra vocês que não foi por falta de cuidado, pois fiz com cabeleireiros profissionais (e caros!), fiz hidratação e tudo, mas não deu... Meu cabelo macio ficou todo queimado. O pior é que o cabeleireiro me avisou que isso poderia acontecer... Mas fiz mesmo assim. Me arrependi horrores! Isso que a escova durava pouco! Só uns 2 meses.
Só vi uma pessoa que a escova progressiva ficou boa, mas ela já tinha cabelo liso. (Não me perguntem o motivo dessa pessoa ter feito um alisamento...!).
Enfim... Depois de chorar muito, cortei meu cabelo bem curtinho, chanel! Me livrei das pontas queimadas e voltei a fazer relaxamento. Mas já viram... Cabelo ondulado e curtinho não funciona. Eu era uma vassourinha! Mas isso não ia ficar assim! Até que me apresentaram a minha querida, amada e fofa escova inteligente.
Escova Inteligente:
É um produto que também é aplicado em todo o cabelo. Primeiro passam o produto, depois você lava o cabelo, e passam novamente um produto e depois uma meticulosa chapinha! Tudo sem formol! Hoje nem precisa mais ficar sem lavar o cabelo, já pode sair do salão de cabelo lavado e lindo na hora!
Ela não tem esse nome por acaso. Se depois do banho você secar o cabelo com secador, ele fica lisinho! E se você deixar ele secando ao natural, ele fica liso, mas não tão lambido! É perfeito! No primeiro mês você fica numa boa sem secador.
E sabem o que mais? A escova inteligente hidrata o cabelo. Sério mesmo! Ele fica sempre macio e com muito brilho!
Enfim... Recomendo demais a escova inteligente! Ela no começo durou uns 3 meses, mas hoje posso ficar 4 meses com ela sem me preocupar.

Só tem uma coisa que eu acho triste com os alisamentos são as pontas dos cabelos que ficam muito lisas também, e se você cortar o cabelo em camadas fica muito feio! Fica estranho pois não tem movimento nenhum... Então meu cabelo sempre é reto no final, mas ainda vario muito o comprimento e sempre invento uma franja nova!

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Light for live

Boa noite gente! Então, eu sou realmente apaixonada por cozinha, adoro cozinhar e como comecei a morar sozinha há dois anos, aprimorei meus 'dotes' culinários. Tive que aprender a não viver só de miojo, então aqui vai uma receitinha simples pra fazer e muito leve.

Medalhão de chester gratinado
Ingredientes

1/2 cebola média picada
sal a gosto
1 folha de louro
1 dente de alho amassado
4 medalhões de chester
1 colher (sopa) de orégano fresco
8 colheres (sopa) de ricota fresca
1 colher (sopa) de óleo de canola
2 tomates médios sem pele e sem sementes picados

Modo de preparo

Tempere os medalhões de chester com sal e grelhe-os em uma frigideira antiaderente até dourar dos dois lados. Retire e disponha os medalhões em um refratário. Reserve. Em uma panela, aqueça o óleo, acrescente a cebola e o alho e deixe murchar. Em seguida, adicione os tomates, o louro e o sal. Refogue por mais 3 minutos, ou até os tomates ficarem macios. Retire do fogo e coloque a mistura sobre os medalhões. Tempere a ricota com o orégano e o sal e cubra os medalhões. Leve ao forno médio por 10 minutos, ou até gratinar. Sirva bem quente.

Eu, particularmente, não gosto de ricota. Na verdade não gosto de queijo algum, mas isso não vem ao caso... Então retirei da receita :) Para não ficar tão seco, após grelhar o chester, coloquei um pouco de água na frigideira pra fazer um molhinho. Fiz arroz integral e farofa para acompanhar. Serve quatro pessoas e cada porção de chester tem em média 105 Cal.

É uma receita beeem light e sério, muito fácil de fazer, não é preciso ser nenhum expert na cozinha.

Por hoje é isso, espero que façam e aprovem ;)

Beijinhoos

domingo, 31 de julho de 2011

Pele de Ryca!


Hi everyone! Vamos falar um pouquinho sobre cuidados com a pele? Afinal, quem é que não quer ter aquela pele de pêssego, não é mesmo? Antes de passar para post em si, gostaria de lembrar que o que será escrito são dicas gerais, o ideal é você procurar um demartologista para saber como cuidar direitinho do seu tipo de pele, pois como cada pessoa tem o um tipo diferente e, nem sempre o tratamento que funciona para uma, funciona para outra.
O primeiro passo é conhecer o seu tipo de pele.
Alimentação: Ninguém pode esperar ter uma pele maravilhosa sem cuidar da alimentação. É preciso cuidar do interior para o resultado se espelhar no exterior, por isso é importante manter uma alimentação balanceada, beber muuuita água e praticar exercícios regularmente. Sinto muito, eu sei que é o que todos dizem, mas não tem como fugir dessa “receita”. Tente evitar excessos de alimentos gordurosos, frituras, açúcar, sal e controlar a quantidade de café e álcool (haha, que fácil! NOT). É difícil, mas vale à pena, pois não será somente sua pele que ficara mais bonita e saudável.
Proteção solar: alem de gostoso, é bom para a saúde pegar um solzinho, mas é preciso ter cuidado e moderação nessa hora. Exposição prolongada ao sol causa rugas, manchas, perda de elasticidade, entre outras coisas nada legais. Então para aproveitar tranquilamente temos que nos lembrar do protetor solar, e não apenas no verão, ele deve ser usado todo o dia não importa a estação do ano, ainda mais por aquelas que têm a pele mais clara.
Limpar, tonificar e hidratar
Limpar: Primeiro e importante passo, pois retirar as impurezas que são acumuladas ao longo do dia. Deve-se limpar o rosto tanto de manhã quanto a noite, com produtos indicados para seu tipo de pele (dê preferência aos que são livres de álcool) e use um sabonete especifico para a região do rosto. Alem de purificar de manhã e a noite tente malhar com o rosto limpo e quando chegar da balada, por maior que seja sua preguiça ou, quem sabe, falta momentânea de habilidade de andar. Não é nem um pouco bom pra você dormir cheia de maquiagem, alem de te dar o look panda no dia seguinte.
Tonificar: o Tonico , quando usado regularmente, ajuda a regular o ph da pele após a limpeza, regulariza a produção de sebo e dá equilíbrio a flora bacteriana da superfície da pele. Usando-o todo dias, peles oleosas, sensíveis e mistas ganham benefícios, porem o uso diário não é tão indicado para quem tem pele seca.
Hidratar: é com a hidratação que a pele vai se recuperar de danos causados pelo sol, fatores climáticos, substancias químicas e etc. o hidratante ideal vai depender do tipo de pele e também da idade, já que a pele precisa de coisas diferentes em cada etapa da vida.
Esfoliação: um reforço que pode ser feito uma ou duas vezes por semana, no qual as células mortas são eliminadas, deixando a pele mais lisa e receptiva a outros tratamentos. Existem diversos tipos de esfoliantes, variando tanto no grau da abravisidade quanto de textura. Não se esqueça de hidratar após o processo.
Unindo todos esses cuidados a boas noites de sono te colocaram no caminho para uma pele perfeita.